Categorias
Edições Anteriores

Edição #03

Oi, como você está?

Como toda boa narrativa, o Lambrequim obedece a curva dramática da vida, com alguns momentos de relaxamento e outros de tensão.

Se os tempos andam incertos no mundo offline, a situação não está melhor no mundo online. No entanto, mesmo entre dados cedidos às grandes empresas do Vale do Silício e o cerceamento de direitos básicos, como o acesso a uma educação mais humanitária, ainda temos a brecha da arte.

Nossa terceira edição está entre o apreciar e o refletir. Os destaques são como a arte está sendo tirada das escolas públicas paranaenses, o novíssimo passeio virtual pela história da imigração japonesa e uma feminista brasileira com ares de Simone de Beauvoir.

Notas da Edição #03

Por menos arte!

Workshop de origami, caligrafia japonesa e novos hábitos de leitura

Deletar as redes sociais = morte virtual?

Mariana Coelho, a Beauvoir tupiniquim

Assine o Lambrequim

Recebeu essa nota por e-mail ou pelo whats e gostou? Então junte-se aos mais de 2 mil assinantes da newsletter Lambrequim e receba, toda quarta-feira, uma seleção sobre música, livros, criatividade e como ser artista independente em um mundo de mudanças constantes.