Categorias
Num Upa!

Sobre IA, editores de texto e a pior música do mundo

A pior música do mundo. Lá na gringa, povo vacinado, já se preocupa com outras coisas. Uma das candidatas a pior música do mundo conta com bulas, partituras, notação não tradicional e uma instrumentação #muitoloca. Tire suas próprias conclusões. 

Sobre IA e editores de texto. Uma nova extensão para navegadores vem aí. É o Compose.ai, uma inteligência artificial que promete ajudar os usuários a produzir conteúdo através de sugestões de preenchimento. Já o Almach, está chegando como o editor de textos mais rápido de todos os tempos. A concorrência parece ser boa, em outros países o Grammarly, já conta com mais de 30 milhões de usuários e o Wordtune vem sendo usado em empresas do mercado financeiro. Eles que lutem e nos ofereçam no mínimo, um serviço realmente útil.

Greenroom. Após a explosão do número de podcasts, o conteúdo vinculado através de salas de bate-papo parece ser o novo xodó das organizações em rede. Depois de ClubHouse, dos Spaces do Twitter, Live Rooms no Facebook, agora chegou a vez do Spotify. A proposta é basicamente a mesma das já existentes, mas a luta por manter você online e ativo, seja lá em qual for a plataforma, parece crescer. Não à toa, Linkedln, Reddit e Discord, já buscam por produtos semelhantes. #briguembriguem

Assine o Lambrequim

Recebeu essa nota por e-mail ou pelo whats e gostou? Então junte-se aos quase 2 mil assinantes da newsletter Lambrequim e receba, toda quarta-feira, uma seleção sobre música, livros, criatividade e como ser artista independente em um mundo de mudanças constantes.