Lambrequim logo newsletter

a newsletter de cultura e tecnologia da Têmpora Criativa

person reaching out to a robot

Lex, uma IA para escritores para chamar de sua (ou não)

Você deve lembrar que em 2020, a OpenAI lançou o GPT-3, um modelo de linguagem que usa o aprendizado de uma máquina para produzir texto semelhante a nós, humanos, foi anunciado.

Deve se lembrar também do pânico que se instalou quando os escritores temeram que fossem substituídos pela IA. 

Eis que…

Há algumas semanas, Lex, um processador de texto habilitado para IA, conquistou o Twitter, obtendo ótimas críticas dos usuários e 25 mil inscrições em 24 horas após o lançamento.

Você pode se inscrever na lista de espera neste link

Lex foi criada por Nathan Baschez, escritor e cofundador da Every, uma coleção de boletins informativos voltados para negócios.

Parece uma versão minimalista do Google Docs, mas com uma diferença fundamental: uma integração nativa com o GPT-3.

Como funciona? 

Depois de escrever algumas linhas, os usuários podem digitar “+++” e o GPT-3 irá sugerir o que escrever a seguir.

Lex também pode ajudar os escritores a debater coisas como ideias de títulos.

Alguns recursos básicos já estão em funcionamento na versão atual: 

◾ Compartilhamento mais fácil: basta enviar um link;

◾ Sem linhas estranhas de paginação baseadas em papel;

◾ Funciona e é muito rápido na web móvel;

◾ Modo escuro;

◾ Os emojis funcionam usando o atalho de teclado normal do Mac; 

◾ Você pode clicar com o botão direito do mouse para copiar uma imagem, pegar sua URL, etc.

Claro, existem algumas ressalvas

Embora grande parte da conversa sobre o GPT-3 tenha se concentrado na IA escrevendo peças inteiras, Baschez está posicionando a IA como uma ferramenta para ajudar os escritores a se libertarem para que possam produzir seu melhor trabalho.

A primeira ressalva é que, por enquanto, Lex só trabalha em inglês — embora Baschez diga que está trabalhando para adicionar mais idiomas.

A segunda é que o GPT-3 não é perfeito, por isso, às vezes, as sugestões não são muito precisas.

Mas, no geral, o aplicativo parece um grande passo no uso da IA ​​para ajudar na escrita.

Bom, isso parece ser apenas um começo. 


Publicado

em

por