Categorias
Provisório Especulativo

Sono, A Fronteira Final (ou: A Revolução dos Insones)

Costumo ser o último a dormir. Só depois que todas as pessoas do recinto se entregam ao descanso é que eu apago a luz e me recolho. Soube recentemente que eu tenho o que especialistas definem como sono curto natural, ou seja, durmo poucas horas e não fico cansado no dia seguinte. A boa notícia […]

Categorias
Provisório Especulativo

Entre o Nobel e a ABL: o zeitgest

O dia cinco de outubro de 2023 trouxe um embate para este escriba-autoproclamado-conhecedor das (L)literaturas todas (aquela com minúscula e a outra, em maiúscula, além da singular e da plural). Duas notícias separadas por (ao menos) um oceano pareciam falar da mesma coisa usando meios distintos. Primeiro vetor do embate: a gélida academia sueca concedeu […]

Categorias
Provisório Especulativo

Aritmomania: eu quero uma pra viver

MENOS DE 7 MINUTOS DE LEITURA Esse tema me persegue desde o último 7 de setembro. Fiquei com ele na cabeça durante toda a semana (do latim septimana) seguinte ao feriado. Pretendia escrever sobre música DÓ RÉ MI FA SOL LÁ SI então pesquisei Chico Buarque homenageando Tom Jobim em Paratodos, canção que explora a […]

Categorias
Provisório Especulativo

Olhos que ouvem imagens

O senso comum diz que uma imagem vale mais do que mil palavras.  Pois: ouvir vale mais do que mil imagens. E não sou eu que digo, mas um estudo de William Glasser, que pesquisou a assimilação de estímulos pelo cérebro humano – e concluiu que ouvir é duas vezes mais efetivo no processo de […]

Categorias
Provisório Especulativo

Entre exumar e parir palavras

O petiz atiçou a fuzarca no alpendre em elãs frívolos, não obstante a azáfama grassante na alcova já me tolhesse intentos sobremaneira. Plangi-me em ganas de abalroar-lhe aos tabefes. Pegado a mim, cenho franzido, o basbaque fez-me o obséquio de inculcar balelas ledas, pueris galhofas que deveras me pejaram ante os convivas. De sorte, tão […]